Conselho Federal de Medicina impõe limites a autopromoção no exercício da profissão

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou em seu diári oficial, na última segunda feira (28/09), ajustes na regulamentação de divulgação da prática médica por meio de entrevistas, anúncios publicitários e páginas em redes sociais.

A divulgação de autorretratos, também conhecidos como selfies em atendimentos ou procedimentos com pacientes está proibida, no intuito de evitar a autopromoção, além disso, questões como divulgação de procedimentos e especialidades que não são reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina estão proibidos, visando a segurança e a saúde de todos os pacientes. As regras entram em vigor a partir da data da publicação no Diário Oficial da União.

O exercício da medicina visa salvar vidas, trazer saúde e bem estar a todos os indivíduos que constituem a população, sem definir raça, credo ou cor e não a autopromoção e o sensacionalismo. Com isso, o médico valorizará os aspectos éticos da sua atividade, além de ficar protegido contra processos movidos em decorrência de danos materiais ou morais.

Fiscalize você também o seu médico, veja se ele atende todos os requisitos éticos e profissionais para o exercício da medicina.

#medicina #CFM #paciente #médico #selfie

Fonte: Conselho Federal de Medicina

Outras Notícias