Exagero: exemplos que não devem ser seguidos na cirurgia plástica

A cirurgia plástica é um recurso perfeito para corrigir alguma imperfeição do corpo, melhorar a sua forma e, com isso, aumentar a autoestima das pessoas, pois sentir-se bem consigo mesmo é fundamental para uma vida mais feliz. Porém, muitas vezes a cirurgia plástica é feita levando em consideração um resultado específico, semelhante a alguma personalidade famosa, e isso é um erro que pode custar caro.

A cirurgia é para você, e não para os outros

Uma britânica de 30 anos queria ficar parecida com a modelo e apresentadora Katie Price, conhecida pelo volume de seus lábios. Para isso, investiu mais de R$ 120 mil em cirurgias plásticas, buscando um resultado semelhante ao da personalidade desejada. Mas o resultado foi inesperado e muito indesejado.

Durante uma viagem, a jovem teve o seu lábio inferior rompido devido às excessivas aplicações de preenchimentos cutâneos no local. O corpo rejeitou o material, e devido à forte pressão causada em um local sem a devida estrutura, aconteceu este rompimento. Os médicos que a atenderam pouco puderam fazer no momento, graças à quantidade e concentração de produto injetada na paciente. Sendo assim, foram necessárias algumas semanas para que o material fosse devidamente drenado.

Além de muita dor, a mulher terá que conviver com uma cicatriz permanente no local. Em entrevista ao Daily Star, a mulher disse estar arrependida, e fala que seu vício em toxina botulínica e preenchimento facial quase acabaram com a sua vida.

Exemplos como este não devem ser seguidos

Esta é só mais uma história de alguém que busca alcançar um resultado igual ao de outra pessoa, porém sem a estrutura e a orientação necessárias para tal. É sempre importante lembrar: uma cirurgia plástica é feita para você, para o seu bem-estar, e nunca para você se transformar em outra pessoa.

Além disso, esta situação demonstra também o cuidado que você deve ter ao procurar fazer uma cirurgia. Um cirurgião plástico, devidamente habilitado em sua profissão, jamais permitiria e realizaria tal procedimento, pois ele não somente executa a cirurgia, como também deve orientar as pacientes quanto aos motivos e resultados esperados. No Brasil, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica mantém uma lista atualizada com todos os profissionais habilitados, para que você consulte e conheça os melhores cirurgiões, que irão dar a você o melhor atendimento, mesmo que em alguns casos, orientando para a não realização de uma cirurgia.

Fonte: SBCP e Daily Star

Outras Notícias