Cirurgia reparadora de mama, a hora certa para ser mais feliz

Cirurgia reparadora de mama, a hora certa para ser mais feliz. Para muitas pacientes, fazer uma cirurgia plástica é encurtar o caminho entre uma insatisfação e um desejo de ter uma vida com mais autoestima. Em grande parte, os procedimentos costumam ser estéticos, buscando melhorar a aparência de regiões do corpo. Porém, ao longo dos anos, a cirurgia plástica encontrou novas motivações, sendo a mais importante delas, o poder de devolver a mulheres vítimas de câncer de mama uma aparência mais natural do seu corpo.

Entre as cirurgias reparadoras, a que mais se destaca é, com certeza, a reconstrução mamária. No Censo 2016, realizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, foram realizadas mais de 62 mil cirurgias reparadoras – estas também viram sua participação nos procedimentos saltar de 27% para 43%. As causas podem estar tanto na própria medicina como nas pacientes.

As técnicas avançam, o bem-estar também

A medicina está em constante evolução, e a cirurgia plástica não fica atrás. Com o passar dos anos, as técnicas foram se desenvolvendo e os profissionais se aperfeiçoando cada vez mais, tornando possível a realização de procedimentos cada vez mais complexos com segurança. Além disso, a mudança na mentalidade das pacientes contribui ativamente para a valorização dos procedimentos reparadores.

Enquanto muitas olham para os cirurgiões plásticos como meios para tornarem seus corpos e formas mais bonitas, milhares de mulheres enxergam nestes profissionais a esperança de recuperar não somente a funcionalidade do seu corpo, como a própria autoestima. É por isso que os cirurgiões plásticos estão se tornando cada vez mais humanos, no sentido de estarem ao lado das pacientes na resolução de seus problemas, na busca por mais qualidade de vida, e não apenas para fazer uma simples cirurgia.

Além disso, a complexidade de uma reconstrução mamária exige do profissional uma capacitação teórica e técnica muito maior, pois lida com regiões muito mais sensíveis do corpo feminino. Um pequeno deslize pode causar prejuízos permanentes para a mulher, que já está passando por um momento delicado em sua vida.

Por isso, é importante sempre procurar um cirurgião plástico especialista, que seja licenciado pelo Conselho Regional de Medicina (CRM) e que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP, clique aqui e tenha acesso aos cirurgiões cadastrados). Estas conexões são fundamentais para garantir mais segurança e tranquilidade às pacientes.

A melhor época para fazer uma reconstrução mamária

Por vivermos em um país tropical, onde faz calor na maior parte do ano, muitas mulheres programam suas cirurgias para que os resultados estejam completos e aparentes no verão. Isto para cirurgias com fins estéticos. Já operações com fins funcionais, como a reparação mamária, a melhor época é quando a mulher está preparada, de corpo e mente, para se submeter ao procedimento. Para saber mais sobre a reconstrução mamária, as técnicas utilizadas, entre outros fatores importantes, é só clicar aqui para ler a descrição completa do procedimento.

Cirurgia para o corpo, restauração para a toda vida

Toda cirurgia tem o poder de mudar pra melhor a vida das pacientes, trazendo benefícios práticos no dia a dia que serão sentidos por muitos e muitos anos. Cirurgias reparadoras surgiram por uma necessidade: devolver a pacientes funcionalidades e formas de seu corpo. Mas, hoje, elas são muito mais importantes: elas promovem autoestima, bem-estar e qualidade de vida a pessoas que buscam voltar a viver com mais alegria.

Outras Notícias