Conheça os tipos de anestesia utilizados em cirurgias plásticas

Qual o tempo de recuperação após ser submetido a uma cirurgia plástica? Como é a preparação que antecede um procedimento cirúrgico? Quanto tempo é necessário para que os resultados de uma cirurgia sejam visíveis? Tais perguntas estão entre as mais feitas por quem vislumbra uma cirurgia plástica. Uma delas, no entanto, não está entre as “preferidas”, mas é de extrema importância: qual anestesia é a mais indicada para uma cirurgia? Conheça os tipos de anestesia utilizados em cirurgias plásticas e saiba a importância  da mesma para o bom andamento do procedimento escolhido e para a saúde de quem é submetido a uma cirurgia.
A anestesia local garante o entorpecimento de uma pequena área na pele onde e incisão necessária será realizada. A ação é imediata, com o efeito anestésico podendo alcançar duas horas. Tal anestesia é indicada para procedimentos como otoplastiacorreção de pequenas cicatrizesblefaroplastia, por exemplo.
A anestesia local com sedação consiste na aplicação de anestesia local na região determinada e na injeção de medicação com efeito ansiolítico. Tal anestesia provoca  analgesia e ansiólise, permitindo ao paciente o maior conforto durante a cirurgia. Sua duração? O tempo que for necessário para o procedimento. O paciente fica dormindo e não sente dor. Implante de prótese mamáriaginecomastia estão entre as cirurgias em que a anestesia local com sedação é mais frequente.
Já a anestesia peridural é capaz de bloquear a sensibilidade a partir do tórax ou abdômen do paciente em questão. É uma anestesia que costuma ser acompanhada de sedação para evitar o estresse do paciente. Paciente que fica dormindo durante o procedimento em questão.  A anestesia peridural é utilizada em cirurgias como lipoaspiraçãoabdominoplastia.

RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Antes de cogitar a possibilidade de se submeter a uma cirurgia plástica para fins de estética ou saúde é fundamental buscar um profissional licenciado pelo conselho de medicina local e que também faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCP, para qualquer procedimento que venha a ser realizado. Clique aqui e tenha acesso aos cirurgiões cadastrados.

Pesquise minuciosamente sobre o cirurgião escolhido e, ao iniciar o processo que culminará com a cirurgia, não omita nenhuma informação sobre seu histórico médico, além de elucidar todas as dúvidas sobre os riscos e o alcance do procedimento em questão. Tenha em mente que toda e qualquer dúvida é importante. Acesse e conheça os passos para uma cirurgia plástica segura.

Outras Notícias