Facelift. O que é, para que serve?

Ter o rosto mais jovem é o desejo de muitas mulheres, uma vez que todos nós estamos sujeitos às ações do tempo. É natural que, com o passar dos anos, o organismo vá perdendo sua robustez, e com isso os sinais de envelhecimento começam a aparecer especialmente na face e no pescoço. Mas para ajudar quem quer manter a sua aparência sempre jovem, existe uma solução: o lifting facial, também conhecido como facelift ou ritidoplastia.

O que é o facelift?

O envelhecimento facial é resultado de diversos fatores genéticos, que com o avançar do tempo reduzem a produção de substâncias como colágeno e elastina. Além disso, situações do dia a dia, como exposição a luz solar e uso de produtos químicos, associados ao consumo de álcool e tabaco, pode acelerar este processo. A ritidoplastia (facelift) age restaurando o contorno e a jovialidade da face e do pescoço.

Se você deseja realizar um facelift, o primeiro passo é agendar uma consulta com um especialista em cirurgia plástica, que seja licenciado pelo conselho de medicina local e que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCP, para qualquer procedimento. Clique aqui e tenha informações sobre todos os cirurgiões cadastrados. Conhecendo o seu cirurgião, a operação tem muito mais chances de dar certo. Nas primeiras consultas, serão feitos exames médicos para avaliar se a paciente pode se submeter a uma cirurgia, quais são os desejos e expectativas e qual é o resultado que poderá ser esperado. Quando tudo estiver de acordo, o procedimento será aprovado.

Mas é importante salientar: a ritidoplastia é uma cirurgia reparadora, e deve ser realizada apenas para fins de restauração. Ela não é um procedimento que muda a aparência ou retarda o envelhecimento. As principais aplicações são para melhorar o aspecto dos vincos abaixo das pálpebras inferiores e abo longo do nariz até o canto da boca, além de melhorar o tônus muscular, causador da papada e da pele frouxa, bem como corrigir o excesso de gordura sob o queixo e a mandíbula.

Quais são os tipos de facelift?

Os principais tipos de lifting são tradicional, com incisão limitada ou de pescoço.

  • Lifting tradicional: a incisão ocorre na região temporal, passa pela orelha e termina na parte inferior do couro cabeludo. A gordura poderá ser redistribuída na face, na papada ou no pescoço. Já o tecido subjacente é reposicionado, com os músculos sendo elevados, para garantir mais robustez à face;
  • Lifting com incisão limitada: ocorre com incisões menores na região temporal, continuando em torno da orelha e passando dentro das pálpebras inferiores ou sob o lábio superior;
  • Lifting de pescoço: inicia com uma incisão na frente do lóbulo da orelha, passa por trás da orelha e termina na parte inferior do couro cabeludo, com linhas de incisão que ficam escondidas ao serem fechadas.

A anestesia de um facelift pode ser local com sedação ou geral. A avaliação da melhor escolha é feita sempre entre o paciente e o médico, visto que a decisão dependerá do nível do procedimento. A cirurgia dura em média entre 3h a 5h, e a internação total gira em torno de 12h a 24h, período no qual a paciente deverá ficar em observação, sob os cuidados de uma equipe médica especializada.

Como é a recuperação?

Quando o procedimento é finalizado, o médico irá aplicar uma bandagem em torno do rosto para minimizar o inchaço e o possível surgimento de hematomas. Em situações especiais, pode ser necessária a colocação de um dreno sob a pele, para drenar e extrair qualquer excesso de sangue ou fluidos que tenham permanecido.

As rotinas normais podem ser retomadas em cerca de duas semanas, desde que todos os cuidados repassados pelo médico sejam seguidos à risca. Porém, mesmo com este retorno, é importante evitar esforço físico por pelo menos um mês, e a exposição solar deve ser controlada por no mínimo dois meses.

Com estes cuidados, a recuperação acontece de maneira tranquila e os resultados aparecem, devolvendo a juventude e melhorando a autoestima. Agende sua consulta e confira as maravilhas que o facelift podem fazer pelo seu bem-estar.

Outras Notícias