Homens vencem preconceito e ocupam faixa significativa em procedimentos cirúrgicos

O aumento da busca de homens por procedimentos cirúrgicos é uma realidade no Brasil. Aumento que já foi constatado em levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Entre 2009 e 2014, por exemplo, os procedimentos passaram de 72 mil para 276 mil. Já a fatia ocupada por homens pulou de 5% para 30% nos últimos cinco anos, também de acordo com a SBCP. Números que tendem a aumentar cada vez mais. Eles já dividem um espaço que, anteriormente, era apenas feminino em clínicas. E tal constatação pode ser considerada uma vitória.

Vislumbrar melhorias estéticas era algo que, no pensamento de muitos homens, feria a virilidade, era contra a masculinidade. Existia um preconceito. Mas, com o passar dos anos, tal condição tem diminuído ao passo que a procura de homens por uma melhor condição de vida e melhorias estéticas cresce. O “olhar no espelho e se sentir bem” deixou de ser um “direito” apenas das mulheres. Aumentar a autoestima com o auxílio de cirurgias plásticas, por exemplo, também passou a ser um desejo masculino.

Os procedimentos cirúrgicos mais procurados por homens são: lipoaspiração, a correção de ginecomastia e a blefaroplastia. A lipoaspiração, uma das cirurgias mais tradicionais e, ao mesmo tempo, uma das mais procuradas, tem como objetivo remover células de gordura presentes em determinadas partes do corpo, otimizando o contorno do mesmo. A finalidade da ginecomastia é tratar o desenvolvimento exagerado das mamas masculinas, que pode ocorrer por questões puramente hormonais ou por conta da ingestão de medicamentos e uso de drogas. Já a blefaroplastia corrige o excesso de pele e bolsas de gordura na região das pálpebras, garantindo um “rejuvenescimento” facial.

Em sua maioria, os homens procuram procedimentos menos invasivos e ainda não aceitam com facilidade mudanças radicais de aparência. No entanto, segundo depoimentos de muitos cirurgiões, eles são mais exigentes que as mulheres no pós-operatório. A certeza é que eles passaram a se cuidar mais, pois estão cientes da importância de uma boa aparência para o mercado de trabalho e para construir relacionamentos.

A certeza que vale para homens e mulheres é a necessidade de buscar um profissional licenciado pelo conselho de medicina local e que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCP. Clique aqui e tenha acesso aos cirurgiões cadastrados.

Pesquise sobre o cirurgião escolhido e, ao iniciar o processo que culminará com a intervenção, não omita nenhuma informação sobre seu histórico médico, além de elucidar todas as dúvidas sobre o alcance do procedimento. Veja aqui os quatro passos para uma cirurgia plástica segura.

Outras Notícias