Inverno é a estação ideal para cirurgias. Saiba quais são as mais procuradas

Todo mundo sonha em estar com o corpo em dia para o verão. Mas como tudo na vida, os resultados só aparecem com muito planejamento. É por isso que, se você pensa em fazer uma cirurgia plástica, é importante escolher a melhor época para realizar a operação, levando em conta diversos fatores. Esta época é o inverno.

A estação possui temperaturas baixas. Isso aumenta em quase 50% a procura pela realização de procedimentos estéticos. (Segundo a SBCP)

Por que o inverno é a melhor estação para algumas cirurgias

Um dos principais trunfos do inverno em relação às outras épocas do ano tem relação direta com o processo de recuperação, o pós-operatório. Esta é uma etapa delicada e crucial do procedimento. Fundamental para que os resultados apareçam e correspondam às expectativas da paciente.

Com a temperatura mais baixa e o sol mais ameno, a exposição aos raios ultravioleta diminui consideravelmente. Isso diminui a chance de aparecerem manchas no local da operação. Além disso, a temperatura amena contribui para diminuir o inchaço local. Esse inchaço é causado pela dilatação dos vasos sanguíneos que acontece com maior frequência em temperaturas mais elevadas.

Além disso, é comum que o cirurgião especialista faça diversas orientações sobre o que fazer, como fazer e também o que usar. Cirurgias em locais como seios e abdômen, demandam o uso de uma cinta modeladora  durante a recuperação, e isto gera incômodos no verão. Já no inverno, cobertas por outras camadas de roupas mais largas, seu uso passa de forma imperceptível

O segredo está na recuperação

Tudo isso contribui para que a reabilitação esteja completa até o verão. E, apesar de ser mais facilitada no inverno, é importante seguir à risca às orientações de um especialista no pós-operatório. Profissionais que devem ser devidamente licenciados pelo conselho de medicina local e que façam parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCP, Clique aqui e tenha acesso aos cirurgiões cadastrados. Pesquise sobre o cirurgião escolhido e, ao iniciar o processo que culminará com a intervenção, não omita nenhuma informação sobre seu histórico médico, além de elucidar todas as dúvidas sobre o alcance do procedimento. Acesse e saiba quais são os quatro passos para uma cirurgia plástica segura.

Tratamentos mais procurados no inverno

Entre os procedimentos mais procurados nesta estação, destacam-se:

  • Mamoplastia de aumento: como o pós-operatório demanda o uso de um sutiã especial por até três meses, além da paciente precisar evitar a exposição à luz solar no local, a estação contribui para que o processo seja realizado com mais conforto e menos preocupações. Clique aqui e saiba todos os mitos verdades que rondam o assunto;
  • Rinoplastia: este procedimento promove a alteração da estrutura do nariz, corrigindo limitações respiratórias e influindo em mais harmonia facial. Por ser uma região delicada, o inchaço pode demorar meses para aparecer por completo, até que o resultado seja percebido em sua totalidade. Mas, no inverno, passar por este processo é muito mais tranquilo. Veja aqui mais detalhes sobre o pós-operatórioe conheça os cinco motivos para ser submetido a uma rinoplastia;
  • Lipoaspiração: também conhecida como lipoescultura, este procedimento remodela determinadas áreas do corpo removendo o excesso de gordura, melhorando assim o contorno corporal. Após o procedimento, é fundamental o uso de malha de compressão ou bandagens elásticas nas áreas, a fim de controlar o inchaço e comprimir a pele. Com a temperatura mais amena, estes inchaços tendem a diminuir e causar menos dor, facilitando assim o pós-operatório.

Seja qual for a estação, planejamento é fundamental

Como vimos, o inverno é a estação ideal para realizar uma cirurgia plástica. Os motivos realmente fazem a diferença para a recuperação. Mas isto não significa que você deve fazer uma cirurgia às pressas somente para aproveitar esta época. Pesquise, converse com o cirurgião plástico de sua confiança, explique suas expectativas. Somente esta atuação conjunta entre paciente e médico garante que o procedimento seja realizado com segurança. Assim os resultados são sentidos em seu dia a dia.

Outras Notícias