Inverno é a estação ideal para cirurgias. Saiba quais são as mais procuradas

O frio já vinha sendo “personagem” constante em várias regiões do Brasil, mas o inverno começou, oficialmente, às 19h34 do último dia 20. Inverno que é a estação climática mais propícia para a realização de cirurgias plásticas. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o aumento de intervenções nesta época fica próximo dos 50%. Saiba quais são as explicações para tal aumento e quais as cirurgias mais procurados durante o inverno brasileiro.

Um dos principais “trunfos” do inverno para ser a estação em que as pessoas mais buscam cirurgias é o pós-operatório. Cirurgias nos seios, abdômen e lipoaspiração, por exemplo, demandam o uso da cinta durante semanas e até meses, o que costuma ser um grande incômodo durante o verão. O uso de roupas mais largas no inverno facilita para quem precisa utilizar essas cintas de compressão. E o inchaço decorrente da cirurgia também é menos desconfortável, uma vez que com temperaturas mais baixas, a dilatação de vasos sanguíneos e a retenção de líquido é menor.

Ainda existe outra vantagem: o sol mais ameno ajuda no processo de cicatrização e, ao mesmo tempo, diminui as chances de manchas na pele. Geralmente, quem busca uma cirurgia nesse período deseja estar totalmente recuperada para o verão, que, oficialmente, só começa em dezembro. Ou seja: ser submetido a uma cirurgia no inverno garante um maior tempo de reabilitação até o verão. O importante, no entanto, é que toda a e qualquer cirurgia seja seguida de um bom período de recuperação, não sendo importante a estação do ano em que a mesma é realizada.

Algumas cirurgias se destacam entre as mais procuradas durante o inverno. Uma das favoritas é a mamoplastia de aumento. O pós-operatório conta, por exemplo, com o uso de sutiã pós-operatório adequado por até três meses. E a paciente só pode pegar sol no local após três meses da cirurgia. Clique aqui e saiba todos os mitos verdades que rondam o assunto.

Além da mamoplastia de aumento, a rinoplastia e a lipoaspiração também aparecem entre as mais procuradas. A primeira é feita na estrutura do nariz, corrigindo limitações respiratórias e influindo na harmonia facial. O inchaço no local pode demorar meses para desaparecer por completo, até que o resultado da cirurgia seja percebido em sua totalidade. Veja aqui mais detalhes sobre o pós-operatório e conheça os cinco motivos para ser submetido a uma rinoplastia.

Já a lipoaspiração, também conhecida como lipoescultura, remodela determinadas áreas do corpo, removendo excesso de gordura e, com isso, melhorando os contorno do corpo. Após o procedimento, é necessário utilizar uma malha de compressão ou bandagens elásticas nas áreas. A finalidade é controlar o inchaço e comprimir a pele. A colocação de um dreno nas incisões existentes por debaixo da pele também pode acontecer. Tal dreno removerá qualquer excesso de sangue ou fluído. Já a recuperação total leva meses, até que o inchaço desapareça por completo.

Antes de pensar em uma cirurgia plástica para fins de estética ou saúde é fundamental buscar um profissional licenciado pelo conselho de medicina local e que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCP, para qualquer procedimento. Clique aqui e tenha acesso aos cirurgiões cadastrados.

Pesquise sobre o cirurgião escolhido e, ao iniciar o processo que culminará com a intervenção, não omita nenhuma informação sobre seu histórico médico, além de elucidar todas as dúvidas sobre o alcance do procedimento. Acesse e saiba quais são os quatro passos para uma cirurgia plástica segura.

Outras Notícias