Lipoenxertia: quando a gordura faz bem

Estamos acostumados a ver a gordura como uma vilã da saúde e da boa forma, associada a quadros como sobrepeso, tendo uma imagem muito negativa. Mas existe um tratamento que utiliza a gordura de uma maneira diferente, para o benefício do paciente: a lipoenxertia.

A lipoenxertia consiste em utilizar a própria gordura corporal para dar mais volume em regiões com marcas mais aparentes da idade, como por exemplo nas maças do rosto ou nos glúteos. Com ela, é possível atingir uma aparência mais saudável e jovem na área tratada, corrigindo a silhueta e promovendo mais bem-estar e autoconfiança.

O procedimento consiste na retirada da gordura de regiões como a parte interna das coxas e o umbigo. Esta gordura é tratada para remover resquícios de sangue, do anestésico utilizado e também células de gordura rompidas. Depois, ela é reinserida na região a ser tratada através de pequenas cânulas, tendo como resultado uma melhora na aparência e densidade da área.

Segurança contra rejeição

Como a gordura utilizada para o preenchimento é retirada do próprio paciente, as chances de o organismo rejeitar o novo corpo são diminuídas, gerando mais segurança e tranquilidade.

Não é perda de peso

A lipoenxertia não é um procedimento indicado para a perda de peso, mas sim para promover um remodelamento de regiões do corpo, propiciando um contorno corporal mais harmônico. Saiba mais sobre a lipoenxertia aqui.

Lembre-se sempre

Antes de projetar se submeter a uma cirurgia plástica, é essencial buscar um profissional licenciado pelo conselho de medicina local e que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCPClique aqui e tenha informações sobre todos os cirurgiões cadastrados.

Pesquise sobre o cirurgião escolhido. Não omita nenhuma informação sobre seu histórico médico. Tire todas as dúvidas sobre os riscos e o alcance do procedimento na hora da avaliação. Acesse e conheça os passos para uma cirurgia plástica segura.

Outras Notícias