Rinoplastia na adolescência. É indicada?

Uma tendência crescente no ramo da cirurgia plástica é a rinoplastia (cirurgia plástica no nariz) entre adolescentes. A questão é, será que existe idade mínima para se submeter a um procedimento desse porte? Quando a cirurgia é o tratamento mais indicado e em quais casos ela pode ser realizada? Rinoplastia na adolescência. É indicada? É isso que vamos responder hoje.

QUANDO E EM QUAIS CASOS A RINOPLASTIA É INDICADA?

Para que se possa pensar em passar por esse procedimento, é necessário que se haja, por parte do adolescente uma queixa estética e funcional que possa ser corrigida cirurgicamente (dorso alto, ponta gordinha ou ponta caída, nariz torto,etc…). Contudo, deve-se haver uma avaliação por parte do cirurgião, dos pais e do jovem se, de fato, ele é um bom candidato a realização da cirurgia.

HÁ UMA IDADE MÍNIMA PARA SE REALIZAR O PROCEDIMENTO?

Não. Contudo, devemos ter a ciência de que até os 15 anos de idade, o crânio-maxilo-facial ainda está em desenvolvimento, e o nariz está no centro desse crescimento. Por isso é tão importante o envolvimento dos pais nessa decisão.

O QUE É IMPORTANTE SABER ANTES DA CIRURGIA? EXISTE ALGUM TIPO DE RISCO?

Por muitas vezes, o paciente tem uma ideia irreal do resultado, isso pode gerar uma expectativa muito grande. Por isso, é fundamental que haja uma conversa anterior à cirurgia, para que sejam detalhadas todas as etapas do procedimento.

Não existem riscos evidentes, porém,cirurgia plástica é coisa séria. Você precisa estar em plenas condições físicas para realizar não apenas este, mas qualquer tipo de procedimento cirúrgico.

RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Antes de projetar se submeter a uma cirurgia plástica para fins de estética ou saúde é essencial buscar um profissional licenciado pelo conselho de medicina local e que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCP, para qualquer procedimento. Clique aqui e tenha informações sobre todos os cirurgiões cadastrados.

Pesquise sobre o cirurgião escolhido e, ao iniciar o processo que culminará com a intervenção cirúrgica, não omita nenhuma informação sobre seu histórico médico, além de elucidar todas as dúvidas sobre os riscos e o alcance do procedimento. Acesse e conheça os passos para uma cirurgia plástica segura.

Outras Notícias