Planejamento financeiro em uma cirurgia plástica. Coisas que você precisa saber sobre seu valor.

O verão é a estação do ano onde o corpo mais fica à mostra, e é também nesta época que as pessoas podem se sentir um pouco incomodadas com o seu próprio corpo. Uma marquinha, um excesso de gordura ou o formato indesejado de alguma região podem prejudicar e muito a sua autoestima e bem-estar. Com isso, começam a surgir questionamentos e buscas de tratamentos, principalmente cirurgias plásticas, e surge a dúvida: quanto custa fazer uma cirurgia? Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre o planejamento de valor de uma cirurgia plástica

Afinal, quanto custa uma cirurgia?

Esta pergunta não é simples de responder, pois leva em conta diversos fatores. Em primeiro lugar, o tipo de cirurgia pode abaixar ou elevar bastante o valor final de um procedimento estético. Principalmente porque, além das consultas com o seu cirurgião plástico, além da própria cirurgia, é preciso levar em consideração questões como:

  • Internação: será necessário alugar um local adequado, com equipamentos, para a realização, tanto no dia como, em alguns casos, também no pós-operatório;
  • Anestesia e anestesista: profissional responsável por realizar a anestesia, relaxando o corpo para o procedimento;
  • Cirurgião plástico: valores de trabalho/hora, com base em sua experiência e bagagem profissional;
  • Equipe médica: pessoal de apoio para auxiliar o cirurgião no momento da cirurgia;
  • Medicamentos: substâncias necessárias para a realização do procedimento;
  • Itens cirúrgicos: dependendo do tipo de procedimento, podem-se inserir gastos em próteses de silicone, malhas cirúrgicas, meias de compressão ou sessões de drenagem.

Nem sempre o melhor valor é o melhor para você!

É comum buscarmos sempre os melhores preços para qualquer coisa que compramos, mas quando o assunto é a nossa saúde, é melhor não fazer uma guerra de valores. Afinal, o que está em jogo é a sua segurança!

Experiência profissional, instalações de qualidade, equipe médica qualificada, tudo isso deve ser levado em consideração na hora de fazer a sua cirurgia. Preços muito abaixo do padrão do mercado podem indicar problemas, como local ou equipamentos inadequados, profissionais sem qualificação necessária, ou seja: valorize a sua saúde, porque o barato pode sair caro.

Mas qual é o preço de uma cirurgia plástica?

Por determinação do Conselho Federal de Medicina, os médicos cirurgiões plásticos devidamente habilitados não podem passar valores estimados a interessados em fazer uma cirurgia. Isto porque somente após a consulta e diagnóstico, é possível estabelecer o valor para um orçamento.

Qualquer valor transmitido antes da realização de uma consulta deve ser levado com cautela, tratando-se apenas de uma estimativa de preço. Dentro dela, estão inseridas diversas peculiaridades, como explicamos acima, que podem encarecer este processo. E você precisa se atentar, especialmente, à sua segurança: preços muito abaixo em relação a outros profissionais ou clínicas podem causar grandes prejuízos à sua saúde e bem-estar.

Lembre-se sempre que para uma cirurgia plástica segura. Escolha um cirurgião devidamente licenciado pelo conselho de medicina local e, no Brasil, pela SBCP (Clique no aqui e tenha acesso a lista de cirurgiões cadastrados). Verifique suas credenciais de treinamento e o seu histórico como cirurgião.

Outras Notícias