Abdominoplastia. Um abdômen definido, ao seu alcance

abdominoplastia em Porto Alegre

Abdominoplastia – um abdômen definido, ao seu alcance. Um dos maiores símbolos da saúde e da boa forma é ter um abdômen definido, com pouquíssima gordura, músculos bem delineados e silhueta praticamente perfeita. No entanto, essa idealização é bem difícil de alcançar, e requer dedicação diária por muitos anos, fruto de uma combinação de alimentação balanceada, exercícios físicos e, também, predisposição genética.

Isto porque algumas pessoas tendem a ser mais atléticas e queimar mais gordura do que outras, que possuem um metabolismo mais lento e, assim, acabam acumulando gordura. Além disso, como praticamente todas as funções do nosso corpo, é comum que a pele perca sua elasticidade e os músculos não sejam mais tão firmes e rígidos como na juventude, provocando assim um aumento de peso natural. E um dos primeiros locais onde esta gordura se deposita é justamente no abdômen.

É por isso que situações como a barriga ficar saliente são comuns para todos: até mesmo para pessoas que viveram a vida inteira controlando seu peso podem desenvolver um abdômen mais flácido, frouxo e sobressalente com o avançar da idade. Uma situação que pode gerar desconforto e incômodo, tanto físico quanto psicológico, comprometendo diretamente o bem-estar do paciente. Nestes casos, a abdominoplastia surge como o procedimento ideal para remover o excesso de gordura, restaurando os músculos abdominais enfraquecidos e devolvendo a definição para a região, tanto para homens como para mulheres.

O que é abdominoplastia

A abdominoplastia é um dos procedimentos estéticos mais realizados no Brasil.  Segundo os dados mais recentes da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), somente em 2015 foram mais de 130 mil abdominoplastias realizadas no país. Geralmente causadas por fatores como gravidez, envelhecimento, oscilações significativas de peso e hereditariedade, a busca pela abdominoplastia se explica, em partes, pelos excelentes resultados que podem ser alcançados com a sua realização. Remover o excesso de gordura e pele acumulados do abdômen cria uma aparência mais lisa e tonificada na região, possibilitando ainda a restauração dos músculos enfraquecidos e garantindo assim um abdômen mais definido e menos flácido.

Como consequência da alta procura, é relativamente comum pacientes chegarem até o consultório médico e conversarem com o cirurgião pensando que a abdominoplastia é uma cirurgia para a perda de peso. É importante frisar: abdominoplastia não é um procedimento indicado para a perda direta de peso. O bom profissional é aquele que esclarece as diferenças e não direciona o paciente para a realização de cirurgias desnecessárias.

Assim, a primeira etapa para realizar uma abdominoplastia é escolher um profissional que seja credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Um cirurgião confiável é aquele que é recomendado por amigos ou conhecidos, licenciado pelo conselho de medicina local, e reconhecido pelo mercado como um bom profissional. Clique aqui e tenha acesso aos cirurgiões cadastrados.

Pré-operatório

Na consulta com o cirurgião escolhido, é preciso explanar com clareza todas as dúvidas e expectativas quanto ao tratamento, que deve ser realizado apenas pela própria vontade do paciente, e não para buscar um padrão de beleza ou para ficar parecido com alguém. Objetivos claros contribuem para um procedimento mais seguro, pois ter em mente um resultado possível é fundamental para o bem-estar após a operação. Além disso, o médico irá solicitar uma avaliação física e também um exame laboratorial, para avaliar se o paciente está em condições de realizar a cirurgia.

A preparação e os cuidados do paciente são imprescindíveis. Além das recomendações obtidas em consultório, mulheres que pretendem engravidar não devem realizar uma abdominoplastia, pois como a operação realiza a costura dos músculos da região, uma futura gravidez pode romper e comprometer totalmente os resultados da cirurgia.

Como é a cirurgia plástica

A duração de uma abdominoplastia é variável e depende diretamente da quantidade de gordura e pele a serem removidas do local. Geralmente, esta duração fica em torno de 2h a 3h. Antes da operação, um profissional capacitado irá aplicar uma anestesia. A cirurgia requer a realização de incisões em forma de semicírculo, que vão da região acima dos pelos pubianos até a altura do umbigo. Após, o cirurgião levanta a pele e realiza a queima do excesso de gordura e pele, abrindo assim a possibilidade de costurar os músculos abdominais e dar mais sustentação à região. Por último, a pele e o umbigo são reposicionados, e a incisão é fechada com pontos.

Anestesia

Na maioria dos casos, é utilizada a anestesia com bloqueio peridural, aplicada nas costas e que possui ação imediata de sedação. Mas, também é possível aplicar uma anestesia geral.

Tempo de internação

Por se tratar de um procedimento realizado em uma área central do corpo, é necessária a internação por um prazo de até 24h, para que a paciente tenha o correto acompanhamento e as devidas orientações para os cuidados que devem ser tomados após a sua alta.

Recuperação

A recuperação da Abdominoplastia começa assim que a paciente sai do centro cirúrgico. Com um dreno que é posicionado nos pelos pubianos, além de um modelador abdominal. Deve-se parar de dirigir por 3 semanas e evitar exercício físico por pelo menos 2 meses. Caminhar e mobilizar os membros inferiores desde o início é fundamental para evitar a trombose venosa. A exposição solar deve ser evitada nos primeiros 2 meses.

Pós-operatório

O pós-operatório começa logo após a cirurgia, com a inserção de um dreno para evitar o acúmulo de líquidos na região, o que poderia comprometer o resultado. Embora seja um procedimento relativamente rápido, é necessário um período que pode durar até 24h de internação, para que o paciente receba todos os cuidados necessários de observação.

O pós-operatório costuma ser delicado pois a região do abdômen é muito requisitada em qualquer movimento, por isso, o paciente deve tomar cuidado com movimentos bruscos e também com a postura. Até mesmo ações simples, como dirigir, devem ser evitadas durante algumas semanas. A volta ao trabalho também deve aguardar alguns dias de segurança. Já para retomar rotinas como atividades físicas ou exposição à luz solar, é preciso esperar no mínimo dois meses, para que o organismo esteja forte o suficiente para suportar a pressão.

Porém, isto não significa que o paciente deve ficar em repouso constante por tanto tempo. É importante fazer caminhadas leves para mobilizar os membros inferiores, evitando assim complicações. Além disso, para que os resultados sejam duradouros, é fundamental criar uma rotina saudável que combine alimentação balanceada e atividades físicas. Com o passar do tempo, é comum que os músculos e a região volte a se enfraquecer, porém manter hábitos saudáveis contribui para fortalecer o abdômen por mais tempo, alcançando não apenas mais saúde como também qualidade de vida.

Uma cirurgia plástica para o seu bem-estar

Para pacientes que desejarem, é possível aliar a realização da abdominoplastia com uma lipoaspiração, porém, cada caso deve ser avaliado seguindo critérios técnicos pelo profissional, para que esta “lipoabdominoplastia” seja segura e recomendada para o paciente.

Seguindo estas recomendações, é possível fazer um procedimento seguro e que trará benefícios para a saúde e autoestima do paciente, que em pouco tempo poderá voltar às suas atividades normais, mas com uma grande diferença: a alegria de ser como desejar.

 

 

Saiba um pouco mais sobre a abdominoplastia no vídeo abaixo

Siga.

  • For saudável e não possuir patologias prejudiciais à cicatrização ou que aumentem o risco da cirurgia.
  • Não for fumante.
  • Tiver perspectiva positiva e expectativa realista sobre o procedimento.

Os resultados de uma abdominoplastia são, tecnicamente, permanentes, porém poderá ocorrer oscilações de acordo com variações de peso do paciente. Pessoas que pensam em perder peso de forma substancial ou que considerem futuras gestações devem adiar o procedimento, para que o resultado seja mais satisfatório.

A abdominoplastia não é um procedimento para perder peso ou corrigir estrias, varizes ou celulite. Ou seja, não substitui bons hábitos alimentares e a prática de exercícios físicos regulares.

Você deve se preparar para discutir abertamente as razões pelas quais quer se submeter à abdominoplastia. Seja franco também na hora de detalhar seu condicionamento físico, pois somente com transparência o Cirurgião pode indicar ou não o procedimento para o seu caso.

Utilize esta lista de perguntas como um guia durante sua consulta.

  • Você é especialista registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica?
  • Você foi treinado, especificamente, no campo da Cirurgia Plástica?
  • A instalação do centro cirúrgico de seu consultório é autorizada pela Vigilância Sanitária?
  • Quantos procedimentos iguais a este você já realizou?
  • Sou um bom candidato para este procedimento?
  • Como ficará meu abdômen após a gravidez?
  • O que eu posso fazer para que os melhores resultados sejam obtidos?
  • Onde e como o procedimento será realizado?
  • Qual o tempo de recuperação e que tipo de ajuda irei precisar neste período?
  • Quais os riscos e complicações associadas ao procedimento?
  • Como as complicações são tratadas?