Bichectomia

A harmonia do rosto é muito importante para a autoestima, e qualquer desalinhamento pode causar desconfortos e prejuízos para o bem-estar. Bochechas muito grandes são frequentemente um alvo de brincadeiras, que podem gerar problemas psicológicos principalmente em crianças e jovens. Mas existe uma solução definitiva, a Bichectomia.

A bichectomia é o procedimento que reduz o tamanho das bochechas, tendo como resultado uma aparência mais afinada do rosto. É uma cirurgia simples, que também pode ser realizada por um dentista. O nome bichectomia vem de Marie François Xavier Bichat, anatomista e fisiologista francês e pai da histologia e patologia moderna dos tecidos.

Antes de realizar uma bichectomia, o primeiro passo é procurar um cirurgião plástico de sua confiança, que seja devidamente habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para a realização deste e de qualquer outro procedimento plástico.  Veja aqui a lista de médicos habilitados. É ele quem irá fornecer as primeiras informações sobre como será o procedimento e quais devem ser suas expectativas quanto aos resultados.

Anestesia

Por ser um procedimento relativamente simples, a bichectomia geralmente utiliza a anestesia local; porém, de acordo com as particularidades de cada paciente, seu cirurgião poderá recomendar a anestesia geral. Ambas são muito seguras, e garantirão a tranquilidade na realização do procedimento.

Duração do procedimento

Na maioria dos casos, a bichectomia leva menos de 1h e não deixa cicatrizes externas ou perceptíveis, pois é realizada através de um pequeno corte na parte interior da boca. Por ele, a gordura e o tecido excedente são retirados, e a incisão é fechada através de pontos absorvíveis pelo organismo.

Tempo de internação

Não é necessária internação para a realização da bichectomia.

Recuperação

Por se tratar de uma área muito sensível, inchaço e dores são normais nos primeiros dias, geralmente entre dois e três. Este é o tempo que o paciente também deve se alimentar com uma dieta pastosa e líquida, para evitar movimentos na parte interior da boca que posam movimentar os pontos e comprometer os resultados. Em até duas semanas, é possível retomar atividades físicas normalmente.