Lipoescultura

Lipoescultura, a definição que o seu corpo precisa. Um dos grandes desejos das mulheres é muito mais do que perder alguns quilinhos e reduzir medidas: é ter as medidas certas nos lugares certos. Para isso, muitas apelam para métodos pouco recomendados, como o consumo de substâncias para aumento de músculos ou ainda fazem procedimentos cirúrgicos perigosos. Tudo em busca do corpo perfeito.

Mas o que muita gente não sabe é que, de um procedimento que nasceu para reduzir medidas, é possível também melhorar a forma e o contorno corporal. A lipoaspiração é amplamente conhecida como uma cirurgia que reduz medidas, especialmente aquela gordura localizada que se forma em locais específicos do corpo, muitas vezes causando incômodo e provocando um certo desconforto, especialmente se ficar em uma parte visível, como os braços e pernas.

Os profissionais perceberam que, com o avanço das técnicas médicas, cresciam também as oportunidades de dar aos pacientes formas alternativas de modelarem seu corpo. Com a gordura excedente retirada de uma lipoaspiração, passou-se a dar outra finalidade: após a sua purificação, ela transformou-se em uma importante matéria-prima de outro procedimento, cada vez mais procurado pelas mulheres brasileiras: a lipoescultura.

O que é lipoescultura

O equilíbrio entre as formas do corpo é um dos principais atributos da beleza, mas ter formas proporcionais e que se adequam ao corpo não depende sempre de uma dieta equilibrada, com alimentação saudável e prática de exercícios. O nosso corpo não é 100% proporcional, e, embora muitas vezes imperceptível, a nível milimétrico, é normal ocorrerem pequenos desalinhamentos. Além disso, é normal o corpo acumular pequenas quantidades de gordura em determinados locais ao longo da vida. Quando novas, muitas mulheres nem percebem, de tão imperceptível que é; mas com o passar do tempo, na idade adulta, isto pode passar a incomodar.

Para estes casos é que existe a lipoescultura, também conhecida como lipoenxertia. Este procedimento consiste na remoção da gordura localizada de uma parte do corpo, para que ela seja limpa e purificada, estando assim, apta a ser reintroduzida no organismo, agora em outra região, modelando-a.

Importante

É importante deixar claro que a lipoescultura não objetiva a perda de peso, mas sim esculpir os contornos, deixando-os mais agradáveis e proporcionais às formas naturais da paciente, de acordo com o seu desejo. Normalmente, as regiões mais requisitadas para passar por este procedimento são a cintura, tornando-a mais delineada; glúteos, especialmente para preenchimento e aumento; face, objetivando a obtenção de uma aparência mais rígida e firme; coxas, também para ganhar volume e também para tornear e deixar a região mais tonificada; entre outras. A maior mudança de uma lipoescultura não será na balança, mas na silhueta.

Enconte um profissional habilitado

Caso você esteja passando por este problema, possui acúmulo de gordura localizada em alguma região do corpo e deseja mudar a sua realidade, melhorando outras partes do corpo também, você é uma candidata em potencial para realizar a lipoescultura. O primeiro passo é procurar um cirurgião que seja devidamente habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Veja aqui a lista de médicos habilitados. Isto é importante não somente para este procedimento, como também para qualquer operação plástica que vise alterar alguma forma do seu corpo. Um profissional habilitado, capacitado e especializado garante mais segurança e tranquilidade para a paciente, ao saber que um profissional treinado e altamente capacitado estará a cargo da sua operação.

Como é o procedimento

Por se tratar de uma cirurgia invasiva, a lipoescultura exige que a paciente seja anestesiada durante a operação. Mas esta anestesia pode ser feita de diferentes formas, e é acordada previamente entre médico e paciente: geral, com efeito em todo o corpo; peridural, com aplicação nas costas e ação imediata; ou ainda local, de acordo com o número de regiões a serem tratadas.

A duração de uma lipoescultura é bastante variável, de acordo com os objetivos e necessidades de cada pessoa, com a duração total podendo se estender até cerca de cinco horas. A lipoescultura é iniciada com a infiltração do composto de Klein, muito utilizado para evitar sangramentos. Posteriormente, cânulas são introduzidas na pele até chegarem à região do tecido adiposo, onde ocorre a aspiração da gordura localizada.

Isto, por si só, já reduz as medidas deste local, mas o objetivo final é outro. Esta gordura é tratada para que sejam retiradas as células rompidas, sangue e resquícios do anestésico utilizado na operação. Depois de limpa, ela é enxertada em outra parte do corpo, através de finas seringas aplicadas no local desejado, que irão, aos poucos, delinear a nova região.

Recuperação

Além do tempo de operação, outra questão delicada da lipoescultura é a reabilitação. Isto porque todo o tratamento é variável de pessoa para pessoa, o que torna a expectativa de internação menos previsível. Mas, em média, é preciso ficar internada por um período que leva de 12h a 24h. Isto é importante para que uma equipe médica especializada faça os primeiros acompanhamentos dos resultados: as primeiras horas são fundamentais, porque, embora a utilização de gordura do próprio corpo reduza muito o risco de rejeição da mesma, ainda assim, o corpo precisa se acostumar às suas novas formas.

A recuperação após a alta é igualmente importante, e exige muito mais cuidados do que uma lipoaspiração. Durante as primeiras semanas após a realização da lipoescultura, é comum que o corpo apresente edemas (inchaços) e roxidão nas áreas tratadas. Em até duas semanas, os pontos de fechamento da cirurgia serão retirados, e o retorno às atividades normais variam de acordo com a evolução de cada pessoa: assim que o desconforto passar, é possível retomar algumas práticas, mas sempre com moderação. Já os exercícios físicos devem aguardar mais um pouco: o retorno às atividades que exigem esforço extremo deve aguardar um período de, pelo menos, um a dois meses.

Siga sempre as orientações médicas

Tudo isso deve ser feito, sempre, seguindo orientações médicas, pois apenas o cirurgião plástico que realizou a operação poderá permitir que sua paciente faça determinadas atividades. Lembre-se sempre: a operação é só o começo, e a recuperação correta é fundamental para se alcançar os melhores resultados.

Uma vida melhor espera por você

As pacientes que realizam uma lipoescultura costumam notar melhoras não somente em sua forma física, mas também em sua autoestima e bem-estar. Sentir-se bem com o próprio corpo faz parte de uma vida feliz, e com uma lipoescultura, você pode ser ainda mais feliz também.

Agende uma consulta sem compromisso e vamos conversar com transparência. Juntos, podemos analisar o seu caso e avaliar como uma lipoescultura pode transformar a sua vida.

  • For adulta e apresentar sinais de gordura localizada.
  • Estiver insatisfeita com algumas formas do corpo.
  • Não quiser perder peso
  • Desejar melhorar a silhueta e o seu contorno corporal.