Mastopexia

Quando se fala em autoestima e bem-estar, o principal fator que determina a satisfação de uma paciente é sentir-se bem com o próprio corpo. Formas, tamanhos, tons devem estar em concordância com o que a paciente considera belo, para que assim, ela possa se sentir segura e confiante, a dona do seu próprio corpo. Porém, para muitas mulheres, esta situação está longe de ser uma realidade.

Isto porque diversos são os fatores que promovem insatisfação, e um dos principais pedidos das mulheres é em relação aos seios. Parte intrínseca de sua identidade feminina, a forma e a rigidez dos seios são muito importantes para a autoestima de toda mulher, representando mais do que apenas uma forma física, como também, e principalmente, sua identidade.

Com o passar dos anos, é natural que a ação do tempo provoque alterações na região, deixando os seios com aparência mais flácida e caída, com alterações inclusive no tamanho e posições das aréolas. Além disso, o uso de anticoncepcionais, medicamentos, gravidez, amamentação e menopausa também podem provocar alterações estruturais nos seios, causando este visual indesejado.

Mas felizmente, o avanço da cirurgia plástica permitiu o desenvolvimento de diversas técnicas reparadoras que fazem maravilhas pela sua autoestima, e, no caso da recuperação de seios para deixá-los mais firmes, toda paciente pode contar com a mastopexia.

Mastopexia, a cirurgia que restaura a rigidez dos seios

A mastopexia é um procedimento cada vez mais solicitado por mulheres que não tem como desejo aumentar o tamanho de seus seios, que poderia ser feito através de implantes, mas sim restaurar a sua rigidez, dando assim uma aparência mais jovem. Com esta técnica, é possível reposicionar as mamas para uma posição mais elevada, garantindo assim a satisfação da paciente com um resultado que supera expectativas, além de também fazer o alinhamento da aréola no seio, garantindo mais simetria à região das mamas.

Muitas vezes, a mastopexia é tratada como um lifting de mama, capaz de reverter sinais de perda de elasticidade decorrente da obesidade, envelhecimento, gravidez e até mesmo o desgaste natural da pele.

A mastopexia pode ser indicada para mim?

Quando a paciente estiver insatisfeita com a forma ou aparência de seus seios, o primeiro passo é procurar um profissional da área da cirurgia plástica que seja de confiança, devidamente habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para a realização deste e de qualquer outro procedimento plástico. Veja aqui a lista de médicos habilitados. Na primeira consulta, é fundamental ser clara e transparente quanto aos objetivos e motivações que a levaram a escolher a realização da mastopexia. Lembre-se: uma cirurgia plástica não tem como fim deixar a paciente parecida com outra pessoa, muito menos adequar a paciente a enquadramentos estéticos impostos pela sociedade, mas sim valorizar o que ela já tem de belo e, assim, potencializar sua qualidade de vida, autoestima e bem-estar.

Além disso, o cirurgião plástico deixará claro uma informação importante e que confunde muita gente: mastopexia não é um procedimento que visa aumentar o tamanho das mamas. O objetivo principal é dar uma aparência mais jovem e rígida aos seios. Porém, em alguns casos, dependendo da avaliação do cirurgião, é possível sim aliar a mastopexia com a realização de um implante de silicone.

Como é o procedimento

A mastopexia é um procedimento que deve ser realizado somente por profissionais experientes, pois os melhores resultados dependem de bastante conhecimento e técnica. Para deixar o procedimento mais seguro para a paciente, é realizada uma anestesia peridural, aplicada nas costas e com ação imediata de sedação; local, com sedação intravenosa; ou ainda geral. O tipo de anestesia escolhido será indicado pelo cirurgião.

Duração

O tempo de duração de uma mastopexia vai depender diretamente do tamanho dos seios que serão operados, podendo ser simples e rápido durando uma hora e meia, até exigir um trabalho mais complexo, que pode levar quatro horas. Através de pequenas incisões, o cirurgião plástico realiza a reconstrução da forma mamária, retirando o excesso de pele e gordura para poder reposicionar o tecido mamário em sua nova posição.

Recuperação e resultado final

Nos casos em que a mama possui espaços vazios em seu interior, pode ser necessária a aplicação de implantes, que contribuirão para dar firmeza ao resultado final. Já o reposicionamento da aréola é feito com incisões ao redor da mesma, retirando-a de sua posição original e posicionando-a onde for desejado pela paciente. Quando a aréola é muito grande, a paciente pode optar por uma excisão de pele, para diminuir seu tamanho, para que a mesma fique mais proporcional em relação ao seio. Ao final do procedimento, suturas são feitas no interior da mama, para garantir que a sustentação se mantenha, além de ser preciso fechar as incisões com pontos.

A boa recuperação é fundamental

Muitas pessoas podem pensar que após a realização da cirurgia, o trabalho está concluído e não é preciso fazer mais nada. Porém, não é assim que acontece. Toda paciente que realiza uma mastopexia deve se planejar, pois em alguns casos, é preciso ficar um período de até 24h em observação, dependendo da complexidade da operação. Já em outros, é possível retornar para casa no mesmo dia.

Mas isto não quer dizer que o tratamento está concluído. A primeira dificuldade que toda mulher vai enfrentar é para movimentar os braços, pois quando eles se movimentam, mexem também com toda  a musculatura peitoral. O cirurgião poderá indicar remédios analgésicos e anti-inflamatórios para evitar ou amenizar eventuais desconfortos. Para retornar ao trabalho, é preciso esperar um período de até duas semanas, tempo necessário para evitar que os pontos sejam rompidos como decorrência de algum movimento brusco. Já atividades físicas, que exigem ainda mais do corpo, devem ser evitadas por até dois meses. Caso a paciente e o cirurgião sintam necessidade, é possível ainda utilizar um sutiã cirúrgico para proteger a região.

Mais qualidade de vida pra você

Muito além de transformar esteticamente o seu corpo, uma cirurgia plástica pode fazer maravilhas pelo seu bem-estar, contribuindo ativamente para você viver com mais alegria, disposição e segurança. Se você tem algum desconforto com a forma e posição de seus seios, agende uma consulta e venha conversar comigo. Uma mastopexia pode ser exatamente o que você precisa.

  • For fisicamente saudável.
  • Tiver expectativas realistas.
  • Estiver insatisfeita com a forma dos seios ou o tamanho e posição da aréola.
  • Assimetria de seus seios.

A mastopexia corrige a posição das mamas ou da aréola, devolvendo a simetria da região.